Sexta-feira, 20 de Março de 2009

Abstinência em África

Defendi aqui, há uns desabafos atrás, que a igreja católica se devia remeter a um papel mais recuado em questões da sociedade civil, tal como o casamento entre pessoas do mesmo género.

Posso não concordar com estas opiniões, mas tenho a sensação de que outra coisa não seria de esperar; vindas de onde vêm. 

Na questão da SIDA em África, a igreja insiste nas opiniões mantendo a coerência que se lhe reconhece. E sugere a abstinência. Em África... 

Não fosse o poder e o dinheiro que o Vaticano ostenta, e que a faz ter o poder de influenciar e controlar ainda as sociedades onde durante dois mil anos vigorou, diria que seria apenas mais uma posição entre outras de uma qualquer organização.

A Igreja vira as costas a um caso de saúde pública? Tudo bem. Não. tudo mal. Mas fará o que entender com os seus fieis. 

Nós registamos o sucedido.

Que mais se pode exigir da igreja, quando o que se pretende é a separação total do estado com os compromissos religiosos.

Neste caso a igreja presta um mau serviço à humanidade (?). 

 

Um dia, haverá alguém, em Seu nome, a pedir desculpa (?).

 

 

 

 

 

publicado por João Gil às 22:39
link do post | favorito

mais sobre mim

Playlist da semana

Windows Media Player:
Listen to My Radio on MediaMaster.com ITunes:
Listen to My Radio on MediaMaster.com

arquivos

Setembro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

subscrever feeds